PODEMOS PERDER A VIDA ETERNA?

Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida

(João 5:24).

PODEMOS PERDER A VIDA ETERNA?

O apóstolo João responde a essa pergunta da seguinte maneira:

“Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna” (1 João 5:13).

No versículo de hoje temos também as palavras do Senhor Jesus registradas no evangelho de João, e há muitas outras sobre isso: “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna” (6:47). Falando sobre Suas ovelhas: “E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai” (10:28-29).

O que se deduz destas passagens? Que alguém que creu no Senhor Jesus nasceu de Deus, do Espírito Santo (João 1:13; 3:6), portanto nunca poderá ser condenado nem perecer. A certeza de se ter a vida eterna é um ensino do Novo Testamento. O apóstolo Paulo nos diz: “Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória” (Colossenses 3:3-4). Para admitir que um crente verdadeiramente nascido de novo possa perder a vida eterna seria necessário tirar a vida do próprio Cristo. Aquele que levou nossos pecados na cruz ressuscitou e está vivo. E nós estamos unidos a Ele como “corpo de Cristo, e seus membros em particular” (1 Coríntios 12:27).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *