O SERVO DE DEUS EM ISAÍAS 42:1-3

Eis aqui o meu servo, a quem sustenho, o meu eleito, em quem se apraz a minha alma

(Isaías 42:1).

O SERVO DE DEUS EM ISAÍAS 42:1-3

Estes versículos falam profeticamente do Senhor Jesus, que viveu no mundo como ser humano e verdadeiro servo de Deus. Neles se destacam três características desse perfeito servo.

“Pus o meu espírito sobre ele” (v. 1). Assim fala Deus, a quem Cristo serviu com toda abnegação. No primeiro capítulo de Marcos está o cumprimento dessa profecia. Depois do batismo do Senhor Jesus no Jordão, João Batista “viu os céus abertos, e o Espírito, que como pomba descia sobre ele? E logo o Espírito o impeliu para o deserto” (Marcos 1:10-12). Em virtude desse Espírito e sob Sua direção, o Senhor Jesus cumpriu Sua obra em meio ao povo de Israel.

“Não clamará, não se exaltará, nem fará ouvir a sua voz na praça” (v. 2). O humilde servo de Deus jamais buscou a fama. Embora desejasse o melhor para Seus semelhantes e estivesse à disposição dos demais, nunca procurou se impor.

“A cana trilhada não quebrará, nem apagará o pavio que fumega” (v. 3). Agia mansamente com aqueles que O procuraram. Com grande ternura se ocupava dos cansados e sobrecarregados, daqueles cujos pecados os atormentavam. Quando percebia que a fé de alguém era tão débil como um pavio que fumega, não a apagava, mas a estimulava.

Em nosso serviço para Deus, sejamos imitadores do Senhor Jesus e andemos em Suas pegadas. Como? Tomando com humildade o último lugar, buscando fortalecer “as mãos fracas” e firmar “os joelhos trementes” (Isaías 35:3).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *